Proben e proseguir renovam no quesito

Educação no bairro Anália Franco

A ideia de empreendedorismo é clara: seja criativo e inovador. Assim foi. As professoras, Cristina Iurovschi Maroni e Adriana Maranhão, cada uma com mais de 20 anos de experiência na área de educação, idealizaram a Escola de Educação Infantil Projeto Bebê Natureza (Proben). Nascia, então, uma nova concepção de ensino no bairro Jardim Anália Franco, Zona Leste de São Paulo.
As amigas e sócias, da Zona Sul da Capital, se conheceram em um ambiente muito familiar para ambas, na escola - no final dos anos 90. Adriana foi professora do filho de Cristina, que por sua vez trabalhava em outra escola no cargo de diretora – começava aí uma história de parceria e amizade. Convidada por Cristina para trabalhar na coordenação da escola, Adriana aceitou a proposta e confessa que foi pelo desafio que a esperava. A partir daí, Adriana, com ideias e mais ideias, e Cristina, com a necessidade de mudança na rotina, começou a aflorar uma vontade que cada uma tinha dentro de si: ter a própria escola.

Cristina trabalhou por mais de 15 anos na coordenação/direção de uma escola. A experiência desenvolvida ao longo desse período foi essencial para dar início aos estudos do mercado e realizar todo trabalho administrativo que abrir uma escola exige. Já Adriana atuava nas salas de aula, com um contato direto com as crianças, em que observava quais as principais necessidades dos pequenos.
O século 21 chegou e, junto com ele, se iniciaram os estudos para a concretização do projeto, idealizado, em um primeiro momento, por meio de um desenho da Adriana em um papel vegetal, no qual continha toda a estrutura da escola. A primeira demonstração do futuro projeto para o público foi uma sacada clara de empreendedorismo.
“Nós conseguimos um piso no Shopping Anália Franco e desenvolvemos um projeto em que os pais deixavam os filhos para fazer as compras. Era um espaço gratuito. Nós tínhamos parceiros, e cada dia da semana trabalhávamos um tema com as crianças”, explica Adriana. Após o sucesso desta atividade, que aconteceu em agosto, foi realizada nos meses seguintes, setembro e outubro, por uma semana de cada um. Os primeiros alunos chegaram até a escola por meio desse contato inicial, pois para deixar as crianças no local, era necessário preencher um cadastro com e-mail e telefone. Nessa época o projeto existia apenas na “cabeça” das sócias. Em seguida, as empreendedoras dispararam e-mails com a apresentação da escola, que ia ganhando forma e pessoas que acreditaram e investiram no projeto.

A princípio, o objetivo da escola, era ter “uma proposta pedagógica de qualidade, aliada aos cuidados, e uma estrutura inovadora”, conta Cristina. Não demorou muito para que o espaço físico da Proben estivesse pronto. Em novembro de 2004 a escola foi inaugurada com o berçário, e já fazendo matricula para a educação infantil, que no ano seguinte – o primeiro ano letivo - tinha entre 20 e 25 crianças matriculadas. De lá para cá o sucesso foi alcançado em pouco tempo.
As novidades que o mercado oferecia, e cuidados até médicos, associados a algumas ideias, fizeram e fazem parte desde o início do projeto. “Nós somos muito inquietas; a cada seis meses, a Proben passa por uma reforma, e buscamos sempre aperfeiçoar o que já existe”. Esse foi o “grande diferencial” para o sucesso da Proben, garante Adriana.
Na escola há um espaço para animais como patos, pássaros, cagados, coelho, entre outros. A intenção das sócias em proporcionar o contato de animais com crianças, cada qual no seu local, é mostrar que, mesmo diferentes, convivem muito bem entre si.
O Projeto Bebê Natureza (Proben) oferece berçário, educação infantil e recreação - além de toda infraestrutura do espaço - para crianças com idade entre quatro meses e cinco anos. Além disso, são ministradas aulas de judô, ballet, entre outras atividades. “Estudamos e pesquisamos tudo que há de mais seguro e moderno para berçários e educação infantil, culminando com um projeto voltado a espaços adequados para cada atividade de nossas crianças”, explica Adriana.

Novos projetos

Agora, depois de 11 anos da inauguração da Proben, as mudanças e novidades

não cessam. No início de 2015, as sócias inauguraram o mais novo projeto, a ProSeguir, para crianças com idade entre 6 a 11 anos. O lugar é especializado e preocupado em propiciar bem estar, qualidade na educação complementar, no esporte, nas atividades lúdicas e expressivas, no contraperíodo escolar.
Após estudos e muitos pedidos de pais de ex-alunos, que sentiam a falta da Proben, depois do Ensino Infantil na vida dos filhos, o projeto foi então concretizado. “As mães queriam uma continuidade desse olhar cuidadoso da Proben, elas queriam o ensino fundamental”, conta Cristina. Mas isso não está no plano das proprietárias.
Então, a ProSeguir foi criada para suprir a necessidade que os pais tinham em deixar os filhos, no contraperiodo escolar, em um local adequado, uma vez que algumas escolas trabalham com as crianças em apenas um período. “Criamos uma estrutura para que eles, ao saírem, ou antes, de irem para a escola regular, tivessem um espaço à tarde com cara de escola e com uma rotina visando à organização”, explica Cristina. Os pequenos, que estão neste projeto, têm o contraperíodo escolar todo ocupado com diversas atividades. “Além da recreação e reforço escolar, existe a funcionalidade para as crianças que saem da Proben e desejam continuar as aulas de judô, ballet, etc”, conta Adriana.
Daqui para frente, elas não irão parar com as novidades. Como a ProSeguir é um projeto novo, o empenho em ter novas ideias para o local é o principal objetivo das sócias.

A Proben está localizada na Rua Inspetor Mario Teixeira, nº70, no bairro Tatuapé. Já a ProSeguir está na Rua Cantagalo, nº728. Mais informações pelo telefone (11) 2674-5356.

por Yone Shinzato / MTB 49976
colaboradoras Roberta Alves e Sandy Oliveira
(estágiarias de jornalismo)
fotos Divulgação/Proben

Compartilhe este Artigo