Cozinhas, integradas e protagonistas na decoração

Máximo aproveitamento de tempo e espaço

Nossa rotina atual, principalmente nas grandes metrópoles, exige o máximo aproveitamento de tempo e espaço, para que possamos dar con­ta de tantas atividades e tarefas do dia a dia, com agilidade e praticidade. Umas das tendências da décor que fazem parte desta nova dinâmica são as cozinhas “americanas”, integradas ao living ou terraços gourmet. Sen­do as plantas dos apartamentos e casas, reduzidas em metragem, compor uma cozinha integrada traz amplitude visual, luminosidade e ainda permi­te maior contato entre as pessoas, tantos nos afazeres do dia a dia como em momentos de receber amigos.

Ter uma área de cozinha participando visualmente das salas, onde a decoração é prioritária e determina a personalidade da casa, exige que a composição desta área siga o mesmo estilo, tenha acabamentos diferen­ciados, equipamentos tecnológicos e marcenaria atual.

A seguir alguns exemplos bem planejados e decorados, com sugestões de composição e soluções inteligentes para inspirar a integração de cozi­nhas.

REVESTIMENTO DE FUNDO EM DESTAQUE

A planta desta sala originalmente possuía um balcão em alvenaria dividindo a área com a cozi­nha. A sugestão foi retirar este balcão e criar uma marcenaria contínua, vinda do home theater, com detalhes de decoração. Com isso o móvel home ampliou visualmente e a área da parede de alve­naria foi aproveitada para o gabinete, pela face da cozinha.

O destaque fica para a parede revestida, ao fundo da cozinha, em tom vibrante, com efeito e formato geométrico diferenciado, traz luminosi­dade e charme às cores neutras da décor.

Em destaque a composição, cores neutras mais escuras na área da cozinha, e cores claras na sala. O laranja como destaque.

A cozinha também se integra à lavanderia e dá acesso ao pequeno terraço.

O terraço também pode ser acessado pela sala. Os espaços são contínuos e fluidos para facilitar o dia a dia no pequeno apartamento. O charme fica por conta da decoração.

BALCÃO ILHA – MUITO ESPAÇO PARA OS CHEFS AMADORES SE AVENTURAREM

A planta original deste antigo imóvel localiza­do em um bairro nobre da capital paulista possuía a divisão clássica entre os ambientes. A cozinha, completamente isolada das áreas sociais, fazia parte das áreas de serviço da casa. Para moderni­zar o local e otimizar as áreas, uma grande parede de divisa entre os ambientes da cozinha e sala foi substituída por charmoso balcão ilha, em silesto­ne. Esta ampla peça abriga cooktop e pia e ainda possui um balcão de refeição conectado a ela.

Para compensar a retirada da parede, ao fundo da cozinha foi projetada uma torre de armário in­teiriça, com prateleiras para despensa, forno em­butido e microondas. A geladeira side by side fica encaixada neste conjunto de armário.

O gabinete segue o projeto do balcão ilha, e nele se encaixa máquina de lavar louças, gavetei­ros para talheres, gavetões organizadores e pane­leiros. O cooktop de indução composto com coifa de ilha com detalhe em vidro não “pesam” visual­mente na decoração.

Importante salientar que a composição dos ambientes integrados deve ser feita de maneira contínua e harmoniosa. As cores são complemen­tares, os objetos seguem o mesmo padrão e estilo, a luminotécnica é trabalhada em unidade. Ter este cuidado nas escolhas e definições de projeto ga­rante uma boa ambientação.  

INTEGRAÇÃO SUTIL E FUNCIONAL

Neste apartamento foi criado um passa pratos redondo para trazer um pouco da composição da cozinha para a sala de jantar. Além de ser um char­moso detalhe na decoração da sala, este recurso facilita o manuseio entre cozinha e sala. Como a TV do living é giratória, ainda é possí­vel assisti-la da cozinha através do passa pratos.

Mais uma vez a decoração deste apartamento mos­tra a importância de seguir um mesmo estilo e compo­sição de cores e formas, entre os ambientes, para que haja uma unidade no conjunto da décor.

MESA DE JANTAR COMO ELEMENTO DE TRANSIÇÃO

Para espaços menores, como é o caso desse studio, os espaços são integrados por necessidade de aproveitamento total da metragem. A solução para esta composição foi explorar a parede de fundo para armários e equipamentos, assim as peças maio­res e robustas, não ocupariam visualmente o aparta­mento, trazendo mais leveza para o living.

A transição entre cozinha e sala foi aproveitada como área de jantar/almoço. A separação é feita peça mesa de jantar em laca branca brilhante. Desta manei­ra a área de circulação da cozinha serve também para o afastamento das cadeiras da mesa de jantar. Assim como a área de circulação do living.

Com este recurso, conseguimos um pouco de pri­vacidade e isolamento da área da cozinha, a partir de quem está no living, porém tirando partido desta ne­cessidade para colocar a área de refeição, de maneira fluida e sutil na composição. (foto 16).

O ambiente foi pensado em tons claros, deixando o destaque para objetos pontuais, como a luminária pen­dente, poltrona em madeira e tecido Pink e para a pa­rede da pia da cozinha, onde as pastilhas pretas trazem o contraste necessário para a decoração. Escurecer a parede de fundo traz sensação de profundidade para o ambiente e o torno visualmente mais amplo.

Na parede recuada da cozinha, onde está a janela de ventilação, a máquina de lavar e secar roupas fica discretamente embutida.

Assim, para quem gostaria de estar mais tempo en­tre amigos, preparando pratos especiais, ou deixar a cozinha mais integrada ao restante da casa, nossa su­gestão é reformar e integrar as áreas, e caprichar na decoração dos ambientes.

Carolina Candido

Compartilhe este Artigo