O mundo de sonhos e encantamento das festas infantis

Mundo de sonhos e encantamento das festas infantis

Parece que foi ontem a chegada da notí­cia que a família estava aumentando, não é mesmo? Tudo passa tão rápido e, apesar de todas as preocupações, rotina de tra­balho e de casa, sono e a insegurança que acompanha a maternidade nos primeiros anos de vida dos nossos filhos, com certe­za, essa época deixará saudades.

Então, o melhor presente que os pais dão a eles mesmos são as festas de aniver­sário dos pequenos.

Com isso, muitas dúvidas aparecem: se a festa será grande ou pequena – em relação ao número de convidados, se será em casa ou no buffet, qual o tema, a cor do bolo, as cores da deco­ração, as lembrancinhas para adultos e crianças, enfim, são infindáveis as dúvidas que aparecem.

Tanto faz a proporção da festa, depen­dendo da idade da criança, é apenas uma satisfação e realização dos pais, “o que é lindo de ver e viver” diz a decoradora de festas infantis Luciana Di Riti.

É cada vez mais prazeroso organizar a comemoração à medida que a criança cresce porque esta, a cada ano, interage e se diverte mais com a comemoração.

A profissional, que atua em eventos do ramo infantil como Fashion Weekend Kids, prefere fazer a própria apresenta­ção: “sou decoradora de festas infantis, que ama o que faz, que se sente feliz em cada festa realizada, que trabalha com sonhos e adora esse mundo de encanta­mento”, conta Luciana.

Luciana é enfática quanto à realização dos eventos mais importantes de sua carreira: “são as festas que realizei para mães que gostam de festa e decoração como eu. São minhas festas felizes e clientes realizados que se tornam amigos. O importante é o sorriso de cada mãe e pai e a felicidade daquele momento único e tão especial”.

De acordo com a decoradora, o primeiro passo é escolher o local e definir o perfil da festa. Em segui­da, escolher o tema do aniversário e, então, ir agregando os itens que vão fazer parte do evento. O importante é reservar o dia com os profissionais para não correr o risco de não conse­guir a data escolhida.

Se existe o local ideal? Difícil possuir uma única resposta para esta pergunta. “O lugar ideal depende do número de convidados”, esclarece Luciana.

Em São Paulo, que é onde mais atua, há excelentes casas de festas para todos os perfis de festa. Buffets que atendem aos aniversariantes pequeninos e aos maio­res, espaços para um número grande de convidados e outros para confraterniza­ções menores.

Nas festas infantis não existe um número mínimo ideal de convidados, o que vale é a comemoração, seja para um grupo pequeno ou grandes eventos.

Nesse meio é difícil estabelecer um prazo e horário ideal para a confrater­nização. Se realizada em buffet, já existe um período pré-estabelecido. Caso seja feita na residência é mais livre o tempo de festa, porém, também depende de outros fatores.

Quando a dúvida de qual tema escolher surge, a resposta é praticamente unânime entre as mamães de plantão: “Frozen, sem dúvida nenhuma”, confirma a decoradora.

Mas outros temas como os clássicos Mickey e Minnie, Cinderela e Circo sem­pre estão na lista dos favoritos: “vou in­cluir na lista a Branca de Neve. que é uns do meus preferidos” completa Luciana.

O tema e, por consequência, as cores da festa, é o que as crianças, geralmente, ajudam a escolher ou até a definir.

Na residência ou no buffet? Eis a ques­tão. Esta escolha define o perfil da festa.

Fazer uma festa de aniversário de criança em casa é uma opção para quem busca um evento personalizado, com flexibilidade de data e horários, porém, os custos nem sempre são tão diferentes das realizadas em buffets, já que, dependendo dos serviços que se contrata, os preços podem ficar bem elevados.

Pessoas que optam por esse tipo de festa querem que os detalhes pesso­ais façam parte da comemoração. Em contrapartida aos pais que optam por festa em buffet, preferem ou escolhem pela comodidade e despreocupação com mínimos detalhes.

“Acho que os dois tipos têm vantagens e desvantagens. O buffet tem um horário mais restrito, mas a comodidade prevale­ce, já em residências, o horário e tempo da festa podem ser um atrativo impor­tante e nós, profissionais, podemos levar a festa completa para a residência. O im­portante é saber se o local acomoda os convidados e os itens escolhidos para a festa”, ressalta Luciana.

O cardápio deste evento é muito difícil de escolher e definir um ideal, e isso ocorre porque, nas festas realizadas em casa ou em buffets, ele varia muito.

Existem buffets que preparam um cardápio direcionado aos pequenos convidados, outros fazem um cardá­pio direcionado aos adultos e, em um determinado momento, preparam o período da refeição das crianças com comidinhas específicas dos pequeninos servidas em mesinhas, geralmente, no centro do salão.

Nas festas realizadas em casa, o cardá­pio é mais restrito ou menos elaborado, mais uma vez enfatiza-se a informação: depende dos serviços e profissionais que são contratados pelos pais.

Para a decoradora, “isso é muito relati­vo, mas gosto mesmo de festa de criança com uma decoração lúdica e com comi­dinhas preparadas para crianças, que os adultos também adoram!”, conta.

O orçamento deste ramo ou tipo de fes­ta é muito difícil de estipular. As come­morações de crianças estão cada vez mais detalhadas. Tudo vai depender de cada

cliente e o que ele espera e está disposto a investir para aquele momento.

“Nós, decoradores, temos orçamen­tos diferentes, com a responsabilidade de manter, sempre, a qualidade de cada evento”, acrescenta Luciana.

As novidades do ramo são quase infin­dáveis. O mercado de festas infantis está crescendo muito, com novos profissionais e empresas que tentam se diferenciar dos já estabelecidos no mercado, trazendo novidades a todo momento.

O surgimento desses empreendedores faz com que todos melhorem e busquem sempre por inovações. Com isso, as ideias surgem com decorações bem elaboradas e detalhadas, lembrancinhas diferenciadas e sofisticadas, personagens cada vez mais reais – tudo depende do orçamento disponível.

“Tudo é um encantamento, posso ga­rantir que as crianças vivem um sonho naquele momento e nós, adultos, nos encantamos da mesma forma. Pelo me­nos fico maravilhada com o conjunto de uma festa, quando somo meu trabalho ao de outros parceiros, é onde tudo se transforma em realidade. É gratificante participar desse momento mais que especial. Não tem nada melhor do que comemorar a vida, ainda mais de uma criança” expõe Luciana.

Depois de tantas dicas e informações, os pais podem ficar mais tranquilos e se organizarem para a realização desse even­to tão importante.

Seja uma pequena ou grande comemo­ração, o essencial é celebrar a vida desses pequeninos que chegam e tomam um espaço tão grande e trazem tantas novi­dades, alegrias e surpresas, que realmente vale a pena investir.

Idealize sua festa, procure as novida­des do mercado, contrate profissionais de confiança, respeite o orçamento e faça o melhor.

Compartilhe este Artigo