Festa sem doce

não é festa!

Quando se fala em doce, há uma especialista no assunto. A jovem empreendedora Bruna Rebelo, hoje com 27 anos, é muito conhecida na área de doces e tem destaque, principalmente, nos bolos. Uma especialidade que desempenhou ao longo dos anos, com uma cozinheira que tinha em casa, sua mãe; que sempre trabalhou com eventos.
A chef nunca havia demonstrado interesse por assuntos relacionados à cozinha, muito menos sabia fritar um ovo. Quando decidiu interromper a faculdade de administração para iniciar uma graduação completamente diferente, ninguém entendeu o motivo da mudança.
“Logo no primeiro dia de aula prática já me apaixonei por esse mundo”, conta Bruna Rebelo, chef de cozinha, formada em Gastronomia pela Anhembi Morumbi. Bruna tem no currículo estágios na cozinha de Alex Atala, um dos mais renomados chefs da atualidade, e no restaurante Dalva e Dito. “Minha mãe sempre trabalhou com eventos, então, assumi a cozinha dela e comecei a trabalhar com eventos corporativos em 2010. No entanto, ainda sentia que me faltava algo”, conta a chef.
Esse “algo a mais” ela descobriu em 2011, ano que se formou em panificação pelo Senac. Lá, graças a uma professora, descobriu a confeitaria e, assim que concluiu o curso, procurou pelo chef Rafael Barros e fez um treinamento intensivo com ele na cozinha da Ópera Ganache. “Ali descobri minha verdadeira paixão dentro da gastronomia”, completa Bruna.
Em 2014, ela fundou sua própria empresa de confeitaria e doces, a Cakelover, parou de trabalhar com os eventos e passou a se dedicar integralmente ao próprio negócio. Entre os serviços que a empresa oferece estão: confeitaria especializada em bolos, doces finos e tematizados de acordo com as necessidades do cliente. Além disso, prepara doces para eventos, casamentos e pequenas festas. Tal segmento se renova a cada dia e ela garante que, “não dá pra pensar em festa, sem pensar em doces”. Nas festas de casamento as confeitarias são indispensáveis. “Nas festas de casamento, a parte que mais chama a atenção, além da noiva, é a mesa de bolo e doces. Além de deixar a festa linda, é a parte central onde os noivos tiram as fotos com padrinhos, pais e amigos. Uma das partes mais gostosas do planejamento do casamento é a degustação dos doces”, ressalta a confeiteira.
Os doces fazem parte da decoração da festa de casamento, e uma dica aos noivos é escolher de quatro a seis unidades de doces por convidado, que podem ser divididos de seis a dez variedades de doces. Os bem casados, uma média de três unidades por convidado é o ideal. No início, pode parecer uma tarefa impossível escolher os doces, mas é bom manter o foco e lembrar que além do gosto dos noivos, a festa também é para os convidados.
O item central da mesa de doces, o bolo, é o que reflete a personalidade dos noivos. Hoje há várias opções de cobertura, que podem ser feitas em pasta americana, pasta de chocolate, os famosos naked cakes, que são os bolos com o recheio à mostra, bolos rústicos, chamados de bolos rebocados, bolos fake (que são só bolos decorados em isopor para enfeitar a mesa). Mas o importante é ter bolo.
Para festas em geral, a Cakelover sempre segue o mesmo padrão de quantidade de doces, lembrando que, se for uma festa infantil, é sempre bom ter mais doces, além de conhecer o tipo de festa e seus convidados. Mas a profissional garante que a Cakelover auxilia os clientes nas escolhas mais adequadas.
Hoje, Bruna Rebelo é professora na Levain, escola do renomado chef Rogério Shimura e também no Senac e proprietária da Cakelover. Para fazer a encomenda de qualquer serviço, basta acessar o site www.cakelover.com.br, a página no Facebook www.facebook. com/cakeloverbr e o instagram @cakeloverbr. Mais informações pelo telefone (11) 3539-0447 ou (11) 94739-7141.

por Yone Shnzato /MTB 49976
colaboradora Sandy Oliveira (estágiaria de jornalismo)
fotos Divulgação/Bruna Rebelo

Compartilhe este Artigo