Quartos das crianças: dicas de decoração para ambientes cheios de personalidade

Quartos das crianças: dicas de decoração

Atualmente, a grande variedade de peças e produtos para montar e decorar um espaço, o fácil acesso a eles, além das possibilidades de buscar referências multiculturais, nos trouxe
um grande leque de opções para investir nos mais variados ambientes da casa. Com isso, locais como copas, lavanderias, galerias e os quartos das crianças deixaram de ser coadjuvantes na composição da casa, igualando-se em importância na décor de livings, terraços e cozinhas.

Somado a isso, os pequenos, antenados em atualidades cada vez mais cedo, optam por elementos de seus ambientes e ajudam nas definições de seu espaço, resultando em projetos cheios de personalidade e novidades. Os quartos de bebês e crianças são locais que devem acompanhar as diversas etapas do desenvolvimento, pois cada idade exige elementos distintos, ergonomia com padrões diferenciados e cores adequadas.

A reforma

Para que os ambientes tenham durabilidade e possam se ajustar às etapas que a criança irá vivenciar, temos algumas dicas de composição. É necessário elaborar um bom projeto
de luminotécnica, considerando iluminação geral e pontos auxiliares que façam a complementação quando necessário, possam servir de foco para valorizar algum elemento ou ainda funcionar como luz indireta mais amena para momentos de descanso. Assim, um quarto projetado para o bebê não precisará sofrer grandes reformas no momento de a criança sair do berço.

Marcenaria

Pensar em um projeto de marcenaria mais neutro e ousar nos detalhes de decoração. Investir em um armário embutido de bom tamanho, com divisórias internas ajustáveis e portas amplas de cores básicas ou espelho, evita a necessidade de substituí-lo quando a criança estiver crescidinha.

Paredes com estilo

Papel de parede ou adesivos decorativos também são muito utilizados na decoração dos quartos de crianças. São práticos, coloridos, contêm desenhos diversos e, o mais importante,
há possibilidades de serem substituídos com facilidade, sem exigir nova reforma.

Dica
- proporcionar à criança um ambiente cercado de todas as necessidades e conforto que ela necessita, com TVs, computadores e bancadas de estudo, além de espaço livre
para as brincadeiras e locais para armazenar os brinquedos. Tudo isso é superpositivo para gerar segurança e responsabilidade nos pequenos desde cedo. Por outro lado, cabe aos pais a tarefa de não deixar que a criança se isole, permanecendo longas horas somente dentro de seu ambiente favorito. 

- lembrar-se de brincar ao ar livre, ter um tempo nas áreas sociais da casa com os familiares e não passar longas horas conectadas a equipamentos eletrônicos traz qualidade de vida
para os filhos.

- planejar um layout para quartos de bebê pensando em um espaço vago para encaixar a cama após a retirada do berço. 

- programar um espaço para TV e bancada de estudo. As crianças estão mais independentes e necessitam de uma pequena área no quarto para que possam estudar e guardar os materiais escolares. A televisão também é bem-vinda, algumas vezes junto a games.

Piso

Pode seguir a composição do restante da casa, desde porcelanatos neutros, que podem ser encontrados com superfícies polidas ou naturais, muito agradáveis ao toque, pisos vinílicos, laminados ou de madeira. O porcelanato exige a complementação com tapetes para maior conforto térmico.

Meninas

Para as meninas, é legal pensar também em bancadas com divisores de acrílico para “bijoux”, mais espaços voltados para acessórios, produtos de higiene e beleza. Neste banheiro de menina (foto abaixo), foi projetado um armário com portas de abrir que, disfarçado pelos espelhos, auxilia na organização do ambiente, com amplo espaço para produtos e acessórios.
Além disso, pode-se complementar os revestimentos básicos de porcelanato e cerâmica com placas de vidro serigrafados coloridos, que podem ser retirados sem danificar o revestimento existente.

Painéis laterais também são importantes para maior comodidade da criança quando a cama é projetada encostada nas paredes. Dessa maneira, pode-se tirar partido para encaixar prateleiras rasas e revisteiros. Nesse projeto, além do espaço para revistas e livros, há um baú de cabeceira, com função também de apoio, no lugar de um criado mudo.

Meninos

Para o banheiro do menino, na mesma base neutra de revestimento, foi aplicado um amplo espelho. Vale também evidenciar a decoração com um revestimento colorido.

Carolina Candido
arquiteta
www.carolinacandido.com.br
Contato: (11) 2639-3198 |
(11) 98109-9307

por Carolina Candido
fotos Márcio Souza

Compartilhe este Artigo